domingo, 22 de janeiro de 2012

REFLEXÕES ESPÍRITAS: Caracteres da perfeição









-

Capítulo 17 de “O Evangelho Segundo o Espiritismo” de Allan Kardec - Sede Perfeitos – Itens 1 e 2 – Caracteres da perfeição.

Esta reflexão examina a questão da PERFEIÇÃO ao nosso alcance na vida terrestre e os meios para que pratiquemos as qualidades necessárias a essa perfeição.

Sede vós logo perfeitos, como também vosso Pai celestial é perfeito. (Mateus, 5:44) – quando lemos essa afirmativa de Jesus anotada por Mateus nos sentimos completamente apartados de Deus, pois julgamos impossível sermos PERFEITOS na acepção real da palavra;

Examinando-nos com desassombro notamos que nossas IMPERFEIÇÕES são tão grandes que imaginamos ser necessário ainda MILÊNIO de evolução para atingirmos o estado de “alguma bondade e moral” perante as realidades divinas.

E é isso mesmo: para sermos espíritos BONS com todas as qualidades que os bons devem ter, ainda deveremos estagiar nesta Terra aprendendo a amar – porém – já possuímos os germes dessa BONDADE necessária ao salto de qualidade no rumo da perfeição.

Naturalmente que quando Jesus diz SEDE PERFEITOS COMO VOSSO PAI não espera que nos igualemos em qualidades a DEUS, mas que O IMITEMOS em seu amor, sua misericórdia, sua justiça, como criaturas criadas por ELE e que já possuem no coração os germens dessas virtudes a serem desenvolvidos pela prática do bem.

A busca da perfeição implica em amarmos, inclusive aos nossos inimigos, aos que nos odeiam, aos que nos perseguem e caluniam. Isso porque a PERFEIÇÃO só é atingida quando o nosso coração se vê despojado de toda e qualquer mácula, ódio ou ressentimento para com o semelhante.

O nosso inimigo ou adversário é colocado por DEUS ao nosso lado para que observemos por alguém que não nos ama, este possa nos advertir de nossas más condutas, coisa que nem sempre nos faz os amigos que nos querem bem.

Os amigos são quase sempre indulgentes para com as nossas fraquezas morais, douram a pílula e mascaram a verdade para nos proteger a suscetibilidade com relação às nossas imperfeições – já o inimigo nos aponta sem piedade os erros, fazendo-nos refletir.

“O inimigo, aparente obstáculo de nossa caminhada, é, na verdade, instrumento de nosso aperfeiçoamento”.

Amarmos uns aos outros, inclusive os adversários é dever do espírito na Terra, pois só ampliaremos nosso grau evolutivo através do amor. “Porque se vós não amais senão os que vos amam, que recompensas haveis de ter?” os criminosos e malfeitores também amam aqueles que lhes são caros. Nosso DEVER é ir além disso.

A perfeição que DEUS espera de nós, recomendada por Jesus, consiste na prática do mandamento: “amarmos aos nossos inimigos, fazer o bem aos que nos odeiam e orarmos pelos que nos perseguem”. – a essência da perfeição é a CARIDADE porque ela implica na prática de todas as outras virtudes.

Um dia todos seremos perfeitos pois temos como foi dito, os germens de todas as virtudes que nos cabe desenvolver através da pratica constante do bem.

ACELERAR o processo de aperfeiçoamento pessoal é uma questão de USAR O LIVRE ARBÍTRIO negando-nos a ADERIR AO MAL, SUPERAR OS VÍCIOS E IMPERFEIÇÕES exterminado o egoísmo e o orgulho que se demoram em nós.

Se prestarmos atenção às nossas imperfeições chegaremos à conclusão de que elas são todas – sem exceção – nascidas do nosso ORGULHO e do nosso EGOÍSMO. Então, centras nossos esforços na erradicação dessas MÁS TENDÊNCIAS MILENARES de nosso espírito é dar passo largo na direção do progresso.

A melhor maneira de erradicar o ORGULHO e o EGOÍMO não é combatendo a eles frontalmente. Quando mais cuidamos deles, mais eles aumentam. O segredo está em desenvolvermos as virtudes que lhe fazem oposição, ou seja a HUMILDADE e a CARIDADE.

HUMILDADE é a virtude que erradica sem piedade o ORGULHO de nossas vidas.

Para desenvolver a HUMILDADE temos muitos métodos. O Espiritismo usa o AUTOCONHECIMENTO que nos traz a consciência de que não somos maiores nem melhores que ninguém e por isso, facilita o surgimento de ATITUDES HUMILDES que vamos incorporando ao nosso cotidiano ao nos nivelarmos a todos os demais seres.

Conhecendo a LEI DA REENCARNAÇÃO tomamos ciência de que as situações de saúde, riqueza social, juventude, poder e destaque na vida são transitórias e variam com as múltiplas vidas – muitas vezes numa mesma vida – e portando NENHUM MOTIVO HÁ PARA NOS ORGULHARMOS do que se constitui simples EMPRÉSTIMO divino para nosso crescimento interior.

Hoje senhores, amanhã escravos, hoje saudáveis amanhã doentes, hoje amantes, amanhã carentes; hoje ricos, amanhã pobres... Tudo é INSTRUMENTO DE APRENDIZADO a serviço da evolução. Ter orgulho de que? Todas as bênçãos que você e eu registramos em nossas vidas são fruto da MISERICÓRDIA de Deus que nos premia conforme o USO SÁBIO que fizermos delas.

Para crescermos em CARIDADE basta AMAR INCONDICIONALMENTE, enxergando cada ser ao nosso redor como um irmão querido, que mais cedo ou mais tarde na esteira do tempo se reunirá em nossa companhia na condição de anjo amigo, parceiro evolutivo, alma afim pelo gosto pelo que é BOM na sementeira do BEM.

“O amor do próximo, estendido até o amor dos inimigos, não podendo aliar-se com nenhum defeito contrário à caridade” – por isso mesmo ser caridoso é a maneira mais fácil de desenvolvermos o AMOR INCONDICIONAL ensinado e praticado por JESUS.

O EVANGELHO DE JESUS em sua simplicidade, é o grande ENXUGADOR DE LÁGRIMAS a nossa disposição nesse processo e a maior ferramenta de evolução pois nele encontramos todas as diretrizes seguras para nosso aperfeiçoamento.

O EVANGELHO guarda em si todas as leis morais da vida, cuja prática nos DITANCIA DA DOR, nos APARTA DO SOFRIMENTO e pavimenta a nossa estrada nesta vida para que caminhemos com mais confiança e certeza, aprendendo PELO AMOR e não mais pela dor.

5 comentários:

  1. Belíssimo a sua colocação em relação a caracteres da perfeição. Obg pelo ensinamento.
    Que a paz de nosso Senhor continue contigo.

    ResponderExcluir
  2. Gostei muito da reflexão mim fez ver essa passagem com mais clareza muito bom mesmo...

    ResponderExcluir
  3. Linda explanação, aprendi com muita clareza, gratidão.

    ResponderExcluir